Modernização da Linha do Douro – Troço Marco de Canaveses/Peso da Régua

2018-01-25
Decorreram, na passada semana, as reuniões de apresentação do projeto de Modernização da Linha do Douro – Troço Marco de Canaveses/ Peso da Régua, com as Câmaras Municipais de Marco de Canaveses, Baião, Mesão Frio e Peso da Régua.

Nestas reuniões, que contaram com a presença dos vários presidentes das autarquias, a Infraestruturas de Portugal apresentou os objetivos do projeto, o planeamento previsto e o atual ponto de desenvolvimento do mesmo.

Estão previstos, entre outros, os seguintes trabalhos no âmbito deste projeto de modernização: 

  • Renovação Integral de via, incluindo infraestrutura e drenagens;
  • Eletrificação total do troço;
  • Infraestruturas para a instalação dos sistemas de Sinalização Eletrónica e Telecomunicações;
  • Rebaixamento de plataforma para eletrificação e reabilitação pontual, em túneis;
  • Rebaixamento de plataforma para eletrificação e/ou substituição de 4 passagens superiores sem gabarito vertical;
  • Uniformização dos comprimentos e alturas das plataformas das Estações e Apeadeiros;
  • Compatibilização entre o projeto de execução de estabilização de taludes – Lote 1+2 (já concluído), com a eletrificação do troço;
  • Compatibilização entre o projeto de execução dos Túneis do Loureiro e da Má Passada (já concluídos), com a eletrificação do troço;

O projeto de modernização da Linha do Douro integra o programa nacional de investimentos – Ferrovia 2020, que está a ser desenvolvido pela Infraestruturas de Portugal. 

O investimento na modernização da Linha do Douro tem como principais objetivos:

  • Assegurar a tração elétrica até à Régua e desta forma potenciar o serviço regional da Linha do Douro entre Marco/Régua/Pocinho;
  • Prolongar a prestação do serviço urbano até Marco de Canaveses e criar o serviço intercidades até à Régua;
  • Garantir a melhoria da qualidade e segurança do serviço ferroviário ao dispor das populações servidas pela Linha do Douro.

A eletrificação do troço entre Marco de Canaveses e a Régua envolve um investimento estimado em 46,6 milhões de euros e a sua execução complementa a intervenção, atualmente em curso na Linha do Douro, de modernização do troço entre Caide e Marco de Canaveses.

A presente ação integra a candidatura submetida e aprovada no âmbito do COMPETE 2020, com a designação “Linha do Douro - Modernização do Troço Caíde-Marco de Canaveses-Régua”, referente à qual se prevê um financiamento comunitário de 85%.