Plano de investimentos em infraestruturas - Ferrovia 2020

O Plano de Investimentos Ferroviários 2016-2020 funda-se no Plano PETI3+, tem um pacote financeiro associado e apresenta uma calendarização precisa e ambiciosa.
 
A. O PETI 3+ definiu um conjunto de prioridades devidamente identificadas por um conjunto alargado de stakeholders que importa
destacar: 
  • Compromissos internacionais, incluindo os bilaterais com Espanha e os que resultam do Corredor Atlântico;
  • Fomento do transporte de mercadorias e em particular das exportações; 
  • Articulação entre os portos nacionais e as principais fronteiras terrestres com Espanha;.
 
B. Para estes objetivos conta-se com um pacote financeiro composto por fundos comunitários do programa Connecting Europe facility (CEF) quer na componente geral (30 a 50% de comparticipação) quer na componente coesão (85% de comparticipação) e do programa Portugal 2020 (85% de comparticipação) a que se poderá acrescentar o Plano Juncker e o contributo da Infraestruturas de Portugal. 
 
C. Finalmente calendarizam-se as diversas iniciativas em curso quase todas elas compreendidas entre 2016 e 2020, com detalhe especial para 2016.