Terminais de Mercadorias

A Infraestruturas de Portugal assegura, desde 1 de dezembro de 2014, a gestão dos terminais ferroviários de mercadorias, de acordo com a decisão governamental emanada através do despacho conjunto de 23 de abril de 2014, das Secretarias de Estado do Tesouro e das Infraestruturas, Transportes e Comunicações.

Nos terminais da Bobadela e de Leixões são assegurados, por profissionais qualificados, um conjunto de serviços que permitem a transferência modal, entre a Ferrovia e a Rodovia, de mercadorias acondicionadas em Unidades de Transporte Intermodal.

Os serviços prestados nesses terminais encontram-se enunciados no Regulamento de Acesso e Tarifa de Unidades de Transporte Intermodal e no Preçário correspondente, que disponibilizamos abaixo.

O preçário a utilizar a partir de 1 de janeiro de 2016, representa um esforço significativo de redução dos preços praticados desde 1 de dezembro de 2014 o que significará uma redução até 44% do preço do Handling suportado pelos clientes destes Terminais.

 

Regulamento de Acesso e Tarifa de Unidades de Transporte Intermodal e Preçário em vigor a partir de 1 de janeiro de 2017